Slideshow Javascript by WOWSlider.com v4.8

Câmara Municipal 3474 1433
Centro Saúde Lup 3474 1135
Centro Saúde San 3474-1482
Cons. Tutelar 3474 1414
CRAS 3474-1147
Def. Civil 3474 1128
Del. Polícia 3474 1188
Diretoria de Ens 3474-1440
Escola de Lupérc 3474-1489
Escola Santa Ter 3474-1442
Social 3474 1155
Noticia

09/03/2019
 
Prefeitura inicia projeto cientifico de combate à dengue em Lupércio e no Distrito de Santa Terezinha
 
 

Reforçada pela equipe do Centro de Controle de Endemias da unidade de saúde teve início as ações de combate e controle à dengue em Lupércio e no Distrito de Santa Terezinha. O trabalho é uma continuidade do projeto da pesquisadora Osmarina Godoy Lima, mestre em “Educação” e “Sociedade e cultura da Amazônia”, atualmente doutoranda em Biotecnologia, a qual está desenvolvendo no município uma inferência intitulada “O conforto humano e a criação de nanoclimas que viabilizam a proliferação do Aedes aegypti em todas as estações do ano em clima tropical”.  O objetivo da pesquisa é mapear e avaliar os diversos nanoclimas que viabilizam a sobrevivência e a reprodução do Aedes aegypti do verão ao inverno, visando seu monitoramento e controle, nas diferentes estações do ano, por meio da instalação de armadilha para capturar o mosquito Aedes aegypti. Essas armadilhas visam em especial pegar a fêmea adulta responsável pela transmissão da doença (dengue), e já começaram a ser instaladas nas residências dos lupercenses e terezinenses por meio de sorteio e com a participação voluntária da comunidade. As armadilhas são compostas de pasta de celulose e resina vegetal; e são atóxicas e biodegradável. A Agente de Endemias do Programa de Controle a Dengue, Fátima Cremoneze., enfatiza que os parceiros estão sendo essenciais para o desenvolvimento das ações de prevenção e combate à dengue no município. Fatima informa também que, em Lupércio, e no Distrito de Santa Terezinha a ação será idêntica. Ou seja, será realizado o tratamento químico para eliminação dos focos, e uma campanha de conscientização, onde os agentes vão retirar material considerado propenso à proliferação da larva do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue. Para ela as ações de combate à dengue estão sendo importantes: "Já fizemos a parte teórica e, agora, estamos na prática. Isto representa bagagem para todos nós, uma forma de conhecermos os problemas endêmicos", disse. "Além disso, vamos também conhecer outras técnicas, para diagnóstico de doenças endêmicas, explicou, lembrando que outro fator primordial é a oportunidade de auxiliar a prefeitura no combate a uma doença como a dengue.

 




@lupercio.sp.gov.br

Prefeitura do Município de Lupércio
Rua Manoel Quito, 678 - Centro
gabinete@lupercio.sp.gov.br
14 3474 1128    
De segunda a sexta-feira das 08:00h ás 11:00h e das 13:00h ás 17:00h